BLOG DEIXA ARDER INATIVO

A Equipe do Blog Deixa Arder anuncia que o blog está temporariamente inativo. Infelizmente, devido a projetos pessoais inevitáveis e por ora mais importantes, nenhum membro da equipe tem condições de manter o blog atualizado. Pedimos desculpas a quem nos acompanha.

AAAAAA TA!

| sábado, 22 de agosto de 2009


As votações do Tá na Roça estão sob investigação. Segundo informação da coluna “Retratos da Vida” do jornal “Extra”, a Record ficou espantada com um número impressionante de votos vindos de um único telefone. A emissora descobriu que as ligações vinham de uma empresa de telemarketing, que teria sido contratada para favorecer um participante. Procurada pelo Babado, a assessoria de imprensa da Record informou que não vai se pronunciar sobre a notícia veiculada pelo jornal.

Duvida? Clique aqui e veja o link original


Independentemente do resultado de "A Fazenda", amanhã, agora a Record pretende investir forte no Dado Dolabella como galã do seu elenco de novelas. Aliás, internamente, havia uma forte torcida pelo Dado na final. O Carlinhos, segundo alguns setores da emissora, não renderia tanto.

Duvida? Clica aqui e veja o link original

'Dado é falso e bebe cerveja em xícara de café', entrega Carlinhos

Exausto pelas mais de 24 horas sem dormir que enfrentou em programas de auditório da Record, após deixar o reality show A Fazenda, na quarta-feira, o humorista Carlinhos Silva, 29 anos, diz estar aliviado. "É bom não conviver mais com o Dado Dolabella", afirma o dono do personagem Mendigo, criado no Pânico e hoje na Record. Dolabella segue na disputa pelo prêmio de 1 milhão de reais e ficou na final, no domingo, com a cantora Danni Carlos. "O Dado se faz de vítima. Ele bebia álcool em xícara de café para fazer papel de bom menino, mas não é." Carlinhos disse estar aliviado também por se livrar do "hospício" que era A Fazenda. "Você não tem noção do hospício que era aquilo. Todo mundo tomava remédio", conta sem dar detalhes das medicações. E, por fim, sente alívio por sua história - criado na rua, na extinta Fundação do Bem Estar do Menor (Febem), substituída pela Fundação Casa, e em orfanato - não ser usada contra ele. "Tinha medo que dissessem que a minha história era apelativa." Mas a divulgação da biografia do humorista foi positiva e rendeu altos índices de audiência ao Hoje em Dia, programa da Record em que ele reencontrou a irmã e a mãe, que não via desde que fugiu de casa, aos quatro anos. A emissora chegou a abrir larga vantagem sobre a Globo na manhã desta quinta e as cenas do reencontro foram reprisadas à tarde, em Geraldo Brasil. Confira abaixo entrevista de Carlinhos Silva.

Nos últimos dias, você esteve isolado e discutiu com Dado Dolabella. Foi melhor sair?
Foi bom não ter levado o prêmio. Diriam que minha história era apelativa, que contei para ganhar. Saio às ruas e me emociono com os aplausos e os abraços que recebo. Nunca passei por isso. Fico feliz por não estar mais convivendo com o Dado. Não aguentava mais, estava quase fazendo uma bobagem. O jogo do Dado é fazer drama, usar a morte do pai (o também ator Carlos Eduardo Dolabella) para chorar. De coitadinho não tem nada. Fica fazendo poesia para a planta, poesia para o animal, uma coisa irritante, papo de pessoa lesada. É muita cara-de-pau. Eu o vi colocando cerveja na xícara, em duas festas.

O episódio em que ele chicoteia o modelo Miro Moreira foi um acidente?
Não foi sem querer. Ele deu no Miro porque estava alterado. Aquilo era um hospício. Nesse dia faltou o remédio dele. A pessoa se transforma, tem de ter o tarja preta para dar uma acalmada. Ele tomava remédio de tarja preta, não sei qual.

É mais fácil conviver com Dado Dolabella ou com Theo Becker?
Com o Theo. No começo, a gente se dava bem, eu cantava para o Theo, ele se emocionava, a gente brincava, dava risada. O problema é que ele entrou num jogo louco, quis dar uma de maluco, fez besteira e saiu.

Por quem você torce agora?
A minha torcida é pela Danni. Mas pelo que tudo indica o Dado vai ganhar. Quando o Pedro saiu, pensei "não quero mais". A porcentagem com que ele saiu (68% dos votos) nunca vai entrar na minha cabeça.

É verdade que o Dado Dolabella fazia bolinha de meleca do nariz?
É, nojento... Mas o pior foi ter destratado os ninjas, o pessoal da produção do programa. A gente estava fazendo uma prova debaixo do sol, sem água, ele virou para os ninjas e falou: "Não é só peão que merece beber água, não. A gente também merece, a gente está aqui trabalhando". Isso chocou todo mundo e pelo que sei não foi ao ar.

Quanto você ganhou nesses quase três meses de confinamento?
Não posso revelar, por cláusula contratual, mas ganhei três carros, um Kia Picanto, de 40.000 reais, um Kia Soul, de 68.000, e o Kia Serato, de 80.000 reais. Este doei hoje para o Orfanato Dom Duarte, onde fui criado, para que o dinheiro seja revertido para as crianças.

O que você faria com 1 milhão de reais?
Eu deixaria guardado no banco. Já tenho meu carro, meu apartamento, não tenho com o que gastar.

Você já sabia que reencontraria a família?
Eu sabia que poderia aparecer algum parente, estava meio preparado.

Como foi o reencontro com a sua mãe e sua irmã?
Eu me sinto triste com tudo o que aconteceu. Estou com dó do meu pai, da minha mãe, dessa situação toda (além de promover o reencontro com a mãe e a irmã, a Record exibiu imagens do pai de Carlinhos; a família toda é simples). Minha vida deu uma volta muito louca, e hoje estou muito melhor que todos. Meu pai vive na situação que eu vivi na rua. A minha família eu perdoei, que fique com Deus. Deixei o número do meu celular com eles, se precisarem de alguma coisa, vou ajudar, mas não quero contato.

Por que você se afastou da família?
Meu pai batia muito na gente. Batia na minha mãe, e eu e meus irmãos (uma irmã e um irmão) fugimos de casa. Da rua, fui parar na Febem e depois fui para um orfanato.

Você cantou e tocou violão no programa. Pensa em seguir carreira na música?
Não. Aprendi a tocar violão no colégio, e graças a Deus foi um passatempo bacana. Minha parada é outra, apesar de adorar ouvir música.

E se o Pedro convidar para gravar um CD?
Se for para participar sem levar a sério, eu faço. Profissional para ele, amador para mim.

E uma biografia?
Já me pediram para fazer, mas não estou nesse clima agora. Vou esperar a poeira baixar. Ainda estou muito assustado com tudo.

Entrevista feita pela Revista VEJA

João Gordo sobre Dado: 'Como um vilão ganha um milhão'?


Depois de Fernanda Paes Leme, Ceará, Nívea Stelmann, Marcos Mion e mais uma porção de famosos tornarem público que não gostaram da eliminação de Carlinhos do reality show A Fazenda, da Record, chegou a vez de João Gordo. Em conversa com O Fuxico, ele soltou o verbo, principalmente pelo fato de seu desafeto Dado Dolabella estar na final."Acho que é mó marmelada, não é possível! Postei um dia que só pode ser p... que vota. O cara é mó cafajeste, um playboy nojento... Ele vai ganhar? Como um vilão ganha um milhão? Só porque o cara é bonito?", questiona o apresentador da MTV. Vale lembrar o episódio protagonizado por João e Dado, em 2003, no programa de entrevistas Gordo a Go Go, onde o galã levou uma machadinha, um pedaço de pau e uma corrente escondidos em sua mochila, durante uma entrevista na MTV. E, no decorrer da gravação, Dado intimidou João, devido a suas perguntas provocativas9 veja o vídeo abaixo). Seria esse o motivo da ira de João com relação ao sucesso de Dado no programa da Record? "Com aquela treta, eu vou odiar ele pro resto da minha vida. Quero que ele se fo... Ele não faz parte do meu mundo", resume João.



Via: Ofuxico

Revolta na internet contra a permanência de Dado Dolabella na Fazenda

A eliminação de Carlinhos da Silva, de A Fazenda (Record), não agradou os usuários do Twitter (miniblog da internet). Nesta quinta-feira (20), foram postados diversos comentários indignados com a saída do humorista e, principalmente, com a permanência de Dado Dolabella no reality show. Com isso, uma campanha contra o ator, intitulada ‘Fora, Dado’, foi criada e já está entre os tópicos mais comentados do site. Entre os famosos ‘twitteros’ que aderiram ao bordão e não concordaram com a saída de Carlinhos, estão até globais como Fernanda Paes Leme, além de Marcos Mion, da MTV, e Wellington Muniz (O Ceará), do Pânico, da RedeTV!. Fernanda chegou até a levantar uma suspeita de que o final de A Fazenda já teria sido programado para Dado Dolabella vencer: “Realmente, não dá pra acreditar! O Carlinhos não ir pra final era o mínimo... acho que esse programa tava era manDADO!!!”, comentou Fernanda. Nívea Stelmann também botou em dúvida a idoneidade da produção: "Quem vai ganhar a Fazenda? Parece que tem coisa armada. Não acham? Está tão estranho." Já Marcos Mion escreveu: “Imagina aguentar o Dado milionário? Temos que fazer uma campanha para a Dani ganhar! Imagina a cara do Dado!! Vamos”.

Via: OFuxico

2 comentários:

Yasmim disse...
22 de agosto de 2009 17:05

Essa fazenda é mo marmelada --'

C. disse...
23 de agosto de 2009 21:00

Ai gente...na boa...esse blog é MUITO BOM para gastar repertório com essa bosta de A fazenda.
Vc´s tem outro nível gente...pelo amor de deus!

Postar um comentário