BLOG DEIXA ARDER INATIVO

A Equipe do Blog Deixa Arder anuncia que o blog está temporariamente inativo. Infelizmente, devido a projetos pessoais inevitáveis e por ora mais importantes, nenhum membro da equipe tem condições de manter o blog atualizado. Pedimos desculpas a quem nos acompanha.

LEISHMANIOSE: MATAR NÃO É A SOLUÇÃO

| quinta-feira, 25 de junho de 2009

Por Thiago Vasconcelos
email: thiagovasc@gmail.com

E seu eu te falasse que a solução para combater a MALÁRIA é MATAR OS HOMENS QUE TEM A DOENÇA? Não. É óbvio que não estou falando sério. Isso foi uma grande ironia para começar a tratar sobre outra doença: A LEISHMANIOSE VISCERAL CANINA. Você deve ter no mínimo achado uma absurdo alguém propor matar os homens que tem a malária para acabar com a doença, mas é justamente isso que o governo brasileiro instrui, intransitivamente, para fazer com os cachorros com leishmaniose.

Na malária, o hospedeiro intermediário é o homem. Isso quer dizer que o mosquito transmissor pica o homem doente e leva a doença para outros homens. O mesmo acontece na leishmaniose com cachorros. O mosquito transmissor pica o cachorro doente e leva a doença para outros cachorros. A solução para evitar que a doença se alastre DEVERIA ser o tratamento desses animais e o controle do foco desses mosquitos, assim como fazem com os humanos com a malária. MAS O QUE POUCOS SABEM É QUE A LEGISLAÇÃO BRASILEIRA NÃO SÓ MANDA MATAR CACHORROS COM LEISHMANIOSE, COMO TAMBÉM NÃO ADMITE QUALQUER TRATAMENTO DA DOENÇA. E, acreditem, EXISTE TRATAMENTO.

Resolvi escrever essa coluna por um drama pessoal: há quase quatro meses, resolvi comprar uma vacina contra Leishmaniose para o meu cachorro, apenas por prevenção. Porém, para usar a vacina preventiva, é necessário que o animal não tenha a doença, então tive que fazer o exame. O resultado foi uma surpresa para mim e para o veterinário. Embora meu cachorro não tivesse sintomas (é ele na foto ao lado) o exame, que é divido em duas partes, em uma deu negativo, mas na outra deu positivo para a doença. O próprio laboratório nos alertou que o resultado pode ser um ‘falso-positivo’, já que o exame é feito por reação, e essa reação é muito sensível e outras doenças podem ser confundidas com a leishmaniose. SE EU LIGASSE PARA A VIGILÂNCIA SANITÁRIA, hoje meu cachorro estaria MORTO. Mas tendo em vista a ausência de sintomas, resolvemos esperar e ver se ele realmente estava com a doença. Poucos dias atrás resolvi fazer outro tipo de exame, esse sim com 100% de precisão, e o resultado foi negativo, para a nossa felicidade.

O fato é que durante esses quatro meses eu pesquisei muito a respeito de tratamentos alternativos, e foi aí que eu descobri a política absurda do governo brasileiro. Segundo ele, o controle da Leishmaniose SÓ PODE SER FEITO ATRAVÉS DA EUTANÁSIA DOS CÃES DOENTES. Porém, A IGNORÂNCIA ESCONDE O ÓBVIO: De que adianta matar os cães, sendo que o mosquito que carrega a doença continua vivo para picar outros cães? E pior, o governo simplesmente não admite tratamento. Qualquer tratamento alternativo é probido no Brasil mesmo que o dono tenha condições de pagar. Então eu me pergunto: POR QUE O GOVERNO NÃO ACEITA TRATAMENTO DA DOENÇA? POR QUE ESSES ANIMAIS NÃO TEM DIREITO A PELO MENOS TENTAR SOBREVIVER? Bom, esso é o nosso Brasil da hipocrisia e da injustiça, que é assim também com os aniais.

Abaixo, alguns esclarecimentos finais sobre a doença, retirados do site ‘Fiel Amigo’ e, em seguida, retirado do mesmo site, fotos de animais antes e depois do tratamento:

1. A Leishmaniose Visceral Canina (LVC) é uma doença infecciosa não contagiosa.
2. A Organização Mundial de Saúde não recomenda a eutanásia como método de controle da LVC. Porém, o Ministério da Saúde não aceita o tratamento e nem reconhece ou recomenda a vacina, a despeito de países de 1º mundo, como Espanha, França, Itália e Alemanha tratarem seus animais regularmente.
3. A Constituição Federal do Brasil garante ao proprietário que o mesmo não é obrigado a sacrificar o seu cão, pois é sua propriedade, e se o Poder Público o fizer, poderá ser acionado por crime de Abuso de Autoridade (o servidor público) e ainda responder por danos materiais e morais, se assim o desejar o proprietário.
4. Recomendamos o tratamento do animal desde que com o acompanhamento e responsabilidade de médico veterinário habilitado para garantia do proprietário, seu animal e de toda a população.
5. Frisamos que os trabalhos científicos respeitáveis apontam como métodos efetivos de controle da doença o uso regular de coleiras e produtos inseticidas nos cães e o desenvolvimento de vacinas, não sendo, de modo algum, recomendada a eutanásia como método de controle da LVC.


Veja também este vídeo, que mostra um cão sendo tratado pela doença e explica um pouco mais sobre o tratamento da leishmaniose em cães no Brasil:


QUEM TRANSMITE A DOENÇA É O MOSQUITO, E NÃO O CÃO! MATAR O CÃO NÃO ADIANTA! EMBORA O GOVERNO NÃO ACEITE, EXISTE TRATAMENTO PARA A DOENÇA SIM, ENTÃO CORRA ATRÁS! LUTE PELA VIDA DE SEU CÃO E NÃO DEIXE ELE MORRER NAS MÃOS DA IGNORANTE, PELO MENOS NESSE CASO, LEGISLAÇÃO BRASILEIRA.

Mais informações e imagens no site 'Fiel Amigo'
Leia outra coluna: RODEIO - UM ESPETÁCULO DE MALTRATOS


64 comentários:

therapy@uol.com.br disse...
26 de junho de 2009 16:18

Gostei muito da sua matéria.
Obrigada por postar algo tão relevante.
Fiquei feliz em saber que teu dog estava bem no final das contas.
Abraços, Camila.

Fabi disse...
27 de junho de 2009 13:37

Achei essa matéria muito interessante. Tenho 7 cachorros e não conhecia essa doença. Hoje levei 3 dos meus bb's no vet e comentei da matéria e perguntei para ele se deveria fazer algo para prevenir. Ele me falou que existe umas gotinhas que a gente aplica no pescoço do cachorro (da mesma maneira que a gente aplica o anti pulgas) mas que no inverno não é necessário, somente no verão. E já combinamos que no verão meus bb's irão pingar as gotinhas.
Muito obrigado por me informar, e me ajudar a prevenir esse tipo de doença.
E parabéns pelo seu cãozinho, ele é muito lindo. Fico feliz por ele.
Continue fazendo matérias interessantes como essa.

Um abraço

Camila Castro disse...
2 de julho de 2009 15:23

Interessante a matéria,mas gostaria de saber a fonte que você usa para afirmar que o governo (federal, estadual, municipal?) recimenda a eutanásia... É importante divulgar a fonte para que se possa protestar tendo provas...

Sou tarada por cachorro e acho que os animais também tem direito à vida e dignidade.

Abraço

Thiago Vasconcelos disse...
2 de julho de 2009 18:51

Obrigado gente, é muito importante que todos que tem um cachorro saibam que Leishmaniose não é o fim.

Camila, é lei federal isso. Não sei especificamente qual, mas no próprio site Fiel Amigo que fiz referência ou em qualquer pesquisa que você fizer a respeito verá que a lei manda matar e LITERALMENTE não admite tratamento alternativo. Parece estranho, mas é verdade. Foi o veterinário do meu cachorro que me passou essa informação inicialmente, e depois eu confirmei na internet. Lembro muito bem dele dizendo: 'não ligue para a vigilância sanitária de jeito nenhum, mesmo tnedo chance de ser um falso-positivo (como de fato foi) e seu cachorro não tendo sintomas eles fazem de tudo para sacrificar ele'. Jogue no google 'ministerio da saude leishmaniose canina' que você verá tb vários links fazendo referência a isso.

Abraços.

Camila Castro disse...
3 de julho de 2009 15:15

Obrigada, Thiago

Vou procurar saber mais e certamente vou passar a mensagem adiante.

Abs

Anônimo disse...
11 de julho de 2009 18:06

Oi Camila,obgd pela palavras foram muitos lindas, meu cachorro está com os sintomas da leishmaniose e ja o levei no veterinário e ele disse q é sim a leishmaniose,mas se eu fizer o exame vou ter mandar sacrifica-lo, mas me doe muito saber q meu pequenino tem que morrer,ele é tão pequeno é um pinther albino a coisa mas linda tem 2 kilos no maximo,é uma alegria para a minha casa.Mas estou cuidando dele e espero ele melhorar e assim continuar trazendo alegria pra mim. beijos e seu cachorro tbm é muito lindo...

Bruna disse...
15 de julho de 2009 17:44

Olá
Muito legal ter postado essa matéria no seu Blog. A fonte de divulgação sobre a verdadeira faceta da leishmaniose canina é muito importante, pois em muitas cidades do Brasil está havendo um extermínio em massa. Como drama pessoal,fiz um Blog específico para tratar do assunto! Dê uma olhada! Abçs!

http://acaixadepanboris.blogspot.com/

andre disse...
10 de agosto de 2009 23:17

Olá, gostaria de saber qual é o nome desde exame que é 100 de precisão.
Espero não ter que viver este pesadelo, pois
amo D+ meus 6 cães e eles são cuidados com todo conforme, higiêne, cuidados e carinho.
Mas moro em Cuiabá-MT e aqui tem um foco grande
dessa doença.

Thiago Vasconcelos disse...
15 de agosto de 2009 00:10

André, o exame que meu cachorro fez se eu não me engano fala que é DE PULSAÇÃO DE MEDULA, e funciona assim: ELe é 100% de precisão no caso de ter dado positivo, mas não é garantido que caso dê negativo o cachorro realmente não tenha a doença. Ou seja, se der positivo, não tem jeito, ele tem mesmo, agora se der negativo ele provavelmente não tem, mas tem chances de ter. Isso porque o exame pega uma amostra do sangue da medula do cão, onde teoricamente o parasita está, e procuram por ele em laboratório. Se encontrarem, é porque o animal tem o parasita lá mesmo e não tem jeito. Se não, por uma má sorte pode ser que parasita não esteja na amostra mas esteja no cachorro, mas isso é muuuito azar.

Eu já ouvi falar também de um 100% literalmente, mas fiz uma breve pesquisa aqui e não encontrei o nome. Acredito que tenha, mas não encontrei aqui.

Boa sorteee, tudo de bom para seus cãees!

P.s.: Existem tratamentos preventivos. Tem spray para aplicar nos cachorros que afasta o mosquito, tem coleira anti-mosquito (você encontra isso em pet-shops, ou pergunte ao seu veterinário) e também um método alternativo que é plantar CITRONELA próximo ao lugar onde seus cachorros ficam, além das vacinas (que são um pouco caras) e que garantem algo em torno de 75% de imunidade, o que já é bastante considerável.

Jane Santos disse...
7 de setembro de 2009 19:21

Minha cachorrinha Preta é minha felicidade quando chego em casa, não sai de perto de mim, é um amor essa minha filha. Nos últimos 10 meses ela vem passando por sérias complicações, desde doenças virais a infeções no útero, o que acarretou em 4 cirurgias, a primeira, para a retirada do últero, e as outras, para reparo na cirurgia. Gastei muito, sofremos muito, mas enfim ela se recuperou e ficou apenas usando o colar. Mas aí vem a notícia ruím: aqui em minha cidade está tendo surtos de calazar, daí mandei vacinar minha nega. São três doses, mas a eficácia só vem depois de 21 dias da terceira. No intervalo, provavelmente minha filhota tenha sido picada, pois semana passada o médico dela ligou dando o resultado do último exame: positivo. Eu não aceito, ela não demonstra nenhum sintoma...está super feliz. Por isso vou repetir o exame, e espero que venha negativo, pois não quero perder minha neguinha linda. Tratamento para ela não dá, pois não tenho condições, mas ela não irá passar por mais sofrimentos...ela não merece e o universo não vai deixar.

Dilson Marques disse...
13 de setembro de 2009 17:47

Foi tentando ajudar minha sogra que chequei até vocês. pois em Campo Grande MS estão matando tudo que é cachorro, devido a esta tal de Leishimaniose e minha sogra esta deseperada tentando salvar o cachorrinho dela, como ela deve proceder ?

Dilson

Anônimo disse...
15 de outubro de 2009 11:09

ola, gostei demais deste blog , o meu labrador apareceu seborreia nele, muito feia, e umas coçeiras ele lambe muito nas patas e onde aparece feridas e os cotovelos dele tem uns calos, levei ao veterinario, ele pediu pra fazer sorologia, ai deu 1:80 ele me ligou e falou q tinha dado positivo, mas ai eu fui em outro veterinario e ele pediu exame de punção de medula,. agora estou esperando resultado!!!!

Miriam disse...
16 de outubro de 2009 17:43

o meu cachorro esta c/suspeita um deu positivo e outro negativo,gostaria de saber q/ exame vc fez e qto tempo vc esperou pra fazer outro exame,meu cachorro ja eh idoso mas tenho do de sacrifica-lo eh mto importante p/mim,ajude-em por favor!!!!

Anônimo disse...
11 de novembro de 2009 18:18

Olá , tenho um poodle branco de 13 anos , ele esta com problemas de coração toma 3 tipos de remedios e urina muito devido a isso , usa fralda descartavel., e sente muita falta de ar, tosse sem parar me dá desespero de ver. alguem sabe o devo fazer para acalmar a tosse ja dei xarope indicado pelo vet. e nada , alias o vet disse q irei encontrá-lo sem vida. a qq momento. estou desesperada me ajudem...... não estou preparada para aguentar isso. tenho ele desde 2 meses, é da familia já.todos adoram ele. ate meus parentes. estou muito triste. help!!!

Anônimo disse...
4 de dezembro de 2009 22:24

O que devo fazer pra salvar meu cãozinho? ele é a coisa mais linda! foi confirmado leishmaniose! o que faço?
o pelo não tá caindo, nao tem feridas, a única coisa q ta acontecendo é que le ta cegando!
ME AJUDE ME POR FAVOR!

Anônimo disse...
21 de janeiro de 2010 21:36

Hoje o pessoal da zoonoze bateu à minha porta dizendo lque estão colhendo sangue dos cachorros pra exame de leishmaniose. Nem saí lá fora. Pelo interfone mesmo disse que só permitiria a entrada se eles tivessem ordem judicial. Como não tinham não insistiram, mas ficaram a tarde toda no bairro, batendo de porta em porta. Será que vão voltar com a ordem? Tenho 5 cadelas. Cada uma com uma história e todas saudáveis. Estou pensando em fazer o exame por conta própria, se der negativo, vacinar e se der positivo comprar a briga pelo tratamento.
Isso foi só um desabafo!
Obrigada

Pablo disse...
29 de março de 2010 21:46

OI eu estou escrevendo esse comemtario pq , hoje dia 29/03/2010, estou passando pelo drama , meu cachorro foi infelismente levado , pela secretaria pra ser sacrificado...
Estou muito magoado com que aconteceu , mais que que eu posso fazer ...
Nem ciquer deixaram nos fazermos outro exame no meu cachorro , isso é uma sacanagem ...
Ele era muito brincalhão , gostavamos muito dele ...
Ele sentiu que ia enbora ,e começou a chorar , eu olahndo pra ele , ele olhando pra gente com um olhar de socorro que eu numca vou esquecer ...
Adeus Godines (meu cachorro)
Uma hora dessas meu cachorrinho já foi sacrificado...
acho uma bruta duma sacanagem que fiseram com meu titio, sempre que meus pais iriam pagar o tratamento do meu cachorro ...
O pessoal do zoonoze...
Sem amor aos animais ...
Obrigado...

Anônimo disse...
29 de março de 2010 21:52

Espero que eu possa superar essa dor ...

Anônimo disse...
12 de abril de 2010 16:08

Ola´meu nome e nayara eu tenho cachorro e a sete meses atras eu descobri q meu cao era portador dessa maltida doença.Entrei em desespero mas fui atras de tudo e todos para cura meu amigo sabe,hoje ele ta aqui comio lindo como nunca curado e eu muito feliz.
Entao a dica q eu do e nao sacrificar nao faça isso com seus animais.
abraços...

Anônimo disse...
12 de abril de 2010 16:15

Quem entrega seu cao para morte nao tem perdao.Eu se tivesse condiçoes de montar um abrigo pra mim eu seria a pessoa mais feliz nesse mundo mas to pedino muito a Deus pra isso.

VANESSA O.TURIM DOS SANTOS disse...
23 de abril de 2010 18:08

OI A TODOS EU GOSTARIA QUE ALGUEM ME AJUDASSE O MEU COCHORRO ESTAR COM ESTA DOENÇA E EU NÃO SEI MAIS OQUE FAZER EU JA DEI TODOS TIPOS DE REMEDIO ATE ENJEÇÃO EU DEI ESTOU DANDO BANHO TODA A SEMANA PASSANDO SABÃO DE SARNA E UM REMEDIO TRIATOX APOS DO BANNO NELE ATE AGORA NÃO PASSOU ELE ESTA CADA VEZ MAIS MAGRO E FEDENDO CARNISÇA EU NÃO SEI MAIS OQUE FAZER TODO DIA EU CHORO DE VER ELE ASSIM SOFRENDO EU QUERIA UMA AJUDA EU NÃO TENHO DINHEIRO POR FAVOR EU TE ALGUEM QUE ME POSSA ME AJUDAR PELO AMO DE DEUS E ELE É DA RAÇA BIGO ELE ERA TÃO ANIMADO E VEJO ELE ASSIM CORTA CADA VEZ MEU CORAÇÃO A MINHA MÃE FALA PRA MIM VANESSA VC NÃO PODE TER BICHO CADA UM QUE MORRE VC CHORA E SOFRE COM ELES ENTÃO TEM ALGUEM QUE POSSA ME AJUDAR O MEU E-MAIL É VANESSA.TURIM@HOTMAIL.COM QUE DEUS ABENÇOA MUITO A TODOS QUE MEU AME SEU BICHOS E QUE NUNCA NINGUEM PASSE ESTA SITUAÇÃO QUE EU ESTOU PASSANDO UM DIA ME AJUDE POR FAVOR O MEU TELEFONE É (011)47825425 OU(011)98780053 O MAIS RAPIDO SE FOR POSSIVO MUITO OBRIGADO .......EU MORO NO EMBU DAS ARTES SÃO PAULO

Anônimo disse...
18 de junho de 2010 11:33

Oi,
Tenho quatro cães, um com leish, sendo que já perdi dois com essa terrível doença (um tratado, outro não. Leish é uma doença muito ingrata, abaixa a imunidade do cão dando espaço há várias outras, como o caso do cão da pessoa acima. Provavelmente o que esse cão tem é sarna demodécica, (o meu recentemente adiquiriu isso) e é muito triste mesmo, pq incomoda muito e o tratamento eficaz é muito caro. Tenho esse cão há 8 anos, e trato ele como filho. Fiz o tratamento para leish há 2 anos (com anfo b), porém desde o início do ano ele está anemico, com várias complicações chatinhas, como essa sarna. Tenho feito periodicamente tratamento para babesiose e erliquiose (doenças oportunistas), mas é complicado. Faço de td para ajudar ele a manter uma vida feliz, e me doi MUITO pensar que um dia ele vai morrer... Mas eu o amo o bastante para não querer ver ele sofrendo. Sou contra a eutanásia, mas sou ainda mais contra, o sofrimento do cão. Existe sim, tratametos para a leish, mas devemos deixar de ser egoistas e pensar no cão também. Quem me conhece sabe o tanto que eu sou louca com o meu pequenininho, e que eu tenho feito de td para ele. Desde quando eu soube da doença, já devo ter gastado mais de 5.000 reias (e ainda estou devendo metade), e não páro de gastar, com exames, remédios, etc. Outra coisa que devemos levar em consideração é a transmissão da doença. O cão não é o transmissor, mas é o reservatório da doença. E não se sabe o periodo de incubação da doença nos humanos. Por isso eu repito, se seu cão tiver essa m... de doença. Trate! e faça a histopatologia de pele, para ver se ele está transmitindo. Vi as fotos acima, e gostaria de saber qual tratamento foi usado. Ah! Usem a colheira, mas faça o exame, pois ela não é 100% eficaz... Moro em BH e a quantidade de cães com leish é assustadora, eles sempre usaram a escalibur, e sempre troquei na época recomendada. e mesmo assim de 7 caes, 3 tiveram...Obrigada! Por favor, me informem o tratamento utilizado pelos cães nas fotos!
TENHAM UM POSSE RESPONSÁVEL!

Alexandre disse...
5 de julho de 2010 22:54

Olá pessoal! Meu cachorro, o ZICO, tá com suspeita de leish....primeiro a vigilância da prefeitura fez um exame e disse que ele era postivo p/ doença, eles já queria levar p/ sacrificá-lo...daí fiz o 1º exame e deu o Elisa: Não Reagente e o RIFI: Reagente 1:40...refiz esse exame 01 mês depois e deu Elisa: Reagente e o RIFI: Indetermido....isto é, sei que ele tem uma grande chance de estar infectado, só que ainda não me conformei, pois me parece que esses exames não são 100% seguros, e vou fazer um terceiro p/ vê no q vai dar !! Queria ajuda p/ saber o posso fazer mais por ele, pois ele vive na minha casa de praia com o caseiro, q se encontra numa área edêmica?? O pior que a vigilância tá pressionando p/ entregá-lo p/ ele ser sacrificado!! Tô perdendo o sono com isso !!
Abraço a todos...e parabéns pelo blog...

Thiago Vasconcelos - Blog Deixa Ardeer disse...
7 de julho de 2010 01:07

Alexandre, se você não encontrar nenhum veterinário na região que faça o tratamento - ainda que escondido - recomendo enetrar em contato com essa pessoa: Osvaldo (http://www.orkut.com.br/Main#Profile.aspx?origin=is&uid=4983752991372266226. Ele é um protetor dos animais que atua em Belo Horizonte e conhece os remédios que fazem o reagente 1:40 sair do exame. Ele costuma responder rápido no orkut, mas se quiser algo mais urgente, o telefone dele é 31 88504888. Boa sorte!

michelle disse...
21 de julho de 2010 14:45

e estou muito triste hj dei o meu cachorro que eu tanto amo para matar pq essa duenca tava deixando ele feio ele ja nao tava comendo mais foi muito rui ele nao queria ir olhava para mim acho que tava querendo falar auguma coisa para mim mais ea vida nem. mais fico feliz de saber que tem tratamento gostei da sua materia e vc que tem um cao cuida dele cm muito amor e carinho pq e duro quando perde um cao que a gente tanto ama

Anônimo disse...
7 de setembro de 2010 16:13

Realmente seus comentarios sao muito bons mais nem sempre amigo a realidade e a mesma ontem mesmo tive que sacrificar minha cachorrinha ela estava com 2 meses e nasceu com a doença tentamos de tudo mais pra amanhecer ontem parou de funcionar o rim dela e estava tento convulsao a cada meia hora nao tivemos outra solução mesmo com dor no coraçao a casos que sacrificando o animal deixa de sofrer cada caso e um caso

Anni disse...
10 de setembro de 2010 12:10

Achei ótimo você repassar essas informações. Há pouco tempo levei a minha cadelinha na veterinária e ela comentou da leishmaniose que agora está descendo aqui para o Sul, como nós frequentamos a praia todo final de semana ela recomendou uma coleira que diz ser 100% de garantia contra essa doença terrível. Porém continuo preocupada, pois não sei se posso confiar somente nessa coleira. É muito bom saber que se caso algo aconteça, Deus permita que não, ainda podemos recorrer a um tratamento.
Fico indignada com o descaso do governo e pode ter certeza que vou divulgar esse blog para todos os meus conhecidos, pois todo mundo merece saber que eutanásia não é alternativa adequada e muito menos a solução para acabar com a doença. Muito obrigada, seu post foi excelente!

Anônimo disse...
1 de outubro de 2010 21:01

para mim a eutanásia em certos casos é somente uma desculpa...mto boa matéria sobre o tratamento da leishmaniose...traz esperança e mostra mais uma vez que cuidados e carinho salvam!!!!!

Anônimo disse...
24 de novembro de 2010 14:54

Olá! Estou passando pelo mesma situação pela qual passou. Minha veterinária me alertou sobre a leishmaniose e sobre a importância da vacina, e eu resolvi dar. Ao abrirmos o resultado do exame também tivemos a surpresa. O teste ELISA deu negativo e o RIFI deu positivo (1:40). Chorei dias e dias pelo medo de ter que sacrificá-lo, pois só a gente que tem sabe o amor que temos por esses bichinhos.
Nesta semana fui realizar o exame novamente, espero que não dê nada e estou muito confiante, pois li muito sobre o assunto e creio que seja reaçao cruzada.

Muito bom ler isso de alguem que passou pela mesma coisa que estou passando.

Acho um absurdo a eutanásia! Acho que temos que divulgar essa campanha sabe...
A culpa nao é do cão, é do mosquito!

Beijos

nilva disse...
14 de dezembro de 2010 22:30

a minha cachorra deu positiva min dissero q se eu nao sacrifica-la eu posso ate ser punida eu estou dizisperada nao quero matar minha cachorra estou cuidando dela com muito carim sem saber o que fazer

Anônimo disse...
18 de dezembro de 2010 22:37

no brasil há muitas injustiças como essa
matamos nossos animais...
mas as pessoas que podem nos matar ,entrar em nossas casas e roubar-nos
esse ssim os DIREITOS HUMANOS os protegem, deveriam tambem defender nossos animais..
MINHA GENTE A ZOOONOZES FAZ MUITO POUCO CASO ATE QUANDO CHAMAMOS PARA AVALIAR NOSSOS CAES ...
ESSSSEEE E O NOSSSO BRASIL!!!!!

Anônimo disse...
22 de dezembro de 2010 12:36

estou passando pelo mesmo que vcs, não vou desistir pois so quem tem cachorro sabe o amor que sintimos!!

Anônimo disse...
24 de dezembro de 2010 15:45

Meu cachorro infelismente esta com Leishmaniose
ontem os agentes da VIGILÂNCIA SANITÁRIA
vieram aki em casa por um comentario tolo que fiz a minha vizinha do resultado do exame e ela ligou para a VIGILÂNCIA SANITÁRIA.

Segunda-feira eu me despedirei do meu cãozinho
por uma vizinha que não consegui ficar calada.


Sofrerei eternamente pela perda do meu cachorro, pois tenho ele desdee os meus 14 anos de idade hoje tenho 20 e ele 6.

Ele participol de varios momentos de minha vida ...

Hoje em silencio shoro sozinha.....

Anônimo disse...
9 de fevereiro de 2011 12:39

BOA TARDE! TENHO 6 CÃES, A VIGILÂNCIA SANITÁRIA COLHEU MATERIAL PARA EXAMES DE LESHMANIOSE, 2 DELES DEU INDETERMINADO, AGORA REALIZEI OS EXAMES DOS 2 PARTICULAR, ESTOU AGUARDANDO O RESULTADO.INCLUSIVE UM DOS CÃES É A MÃE DOS OUTROS CÃES E CUROU MINHA ESPOSA DE UMA DEPRESSÃO, ESTOU COM O CORAÇÃO PARTIDO EM PENSAR NA EUTANÁSIA,MINHA ESPOSA NÃO CONCORDA COM ISSO E NEM EU.ALGUÉM PODERIA ME ORIENTAR O QUE FAZER?
UM ABRAÇO A TODOS.

Anônimo disse...
21 de fevereiro de 2011 19:09

oii jente blz meu nome e natielle tenho 15 anos e acho o cumulo do absurdo levar o cao com leishmaniose para a eutanasia,jente para,olha e um cao q pode ter passado quase a metade da sua vida com vc,e errado fazer isto.E o msm q uma pessoa da sua familia nao q o cao nao seja da familia obvio q e mais digo por exemplo um irmao pai mae ....,com uma doença e VC ser o responsavel pela eutanasia q horror ne ,isso e uma sacanagem.
Cada a merda da dilma ai sei la alguem para poder ajudar puta q pariu cada vez mais os caes estao morrendo e outra coisa aki por exemplo onde morro em MG Sete Lagoas,e meu cao foi roubado e depois d 2 meses d procura liguei para a carrochinha e achei UM ABSURDO o cara me disse q era p mim esquecer q msm se o cachorro tivesse la da avia morrido pq sao 5 dias para o dono vim busca e 5 dias para alguem adotar se ninguem vier o cao saudavel ou doente e morto JENTE Q ISSO SOMMOS SERESS HUMANOSSS CADE O RESPEITO A DIGNIDADE O AMOR A PELO AMOR DE DEUS NOSSSA SE VC TA PENSANDO EM COLOCAR SEU CAO NA CARROCHINHA NAO FAÇA ISSO VC ESTARA SENDO UM FDP OK BJS A TODOS ADOREI O VIDEO D++

Anônimo disse...
9 de março de 2011 10:13

Adorei
Tambem achoque sacrificar nossos caes nae é a soluçao
o governo devia ver que nos amamos nossos caes eles são como da familia, e tambem sao foilhos de Deus...
ja sofri com erros desses exames
tinha duas cachoras que fizeram o exame da prefeitura e dias depis elas fizeram o exame particula em um pet shop o da prefeitura deu positivo em uma e negativo em outra.Apos levarem uma das minhas cachorrinhas a que havia ficado faleceu...
Agora tenho outro cao morro de medo dela fazer o exame,pois tenho trauma de carrocinha[carro com uma carrocinha atras que tramporta os pobres animas para o sacrificio] so de ve começo a chorar....
o q vc acha que pode se fzer para evitar que o cao pegue a doença?
e o que pode fazer para se previnr?
E se vc souber, existe algum repelente canino que possa ser feito em casa comtra a leishimaniose e outros mosquitos que possam tramsmitir alguma doença para o animal?
Obrigada pela informação

Diana disse...
13 de março de 2011 14:09

Olá gostaria de saber qual é o tratamento para leishmaniose , pois não sabia que tinha cura ....

Anônimo disse...
18 de maio de 2011 19:08

voce simboliza a voz de nossos animais pois eu nao sabia que tinha tratamento mas grassas a voce eu vou iniciar o do meu cachorrinho

Anônimo disse...
13 de junho de 2011 22:43

eu meu irmão acho um cão na rua e começamos a cuidar dele, só que ele não melhorou, enfim descobrimos que era essa doença e a clinica disse que teriamos que sacrifica-lo, como ele ja estava muito doente infezlimente foi feito, pois na clinica disse justamente isso que era lei e tinhamos que fazer... deixo aqui minha revolta, é muito triste como nosso pais animais nao tem direito a nada, como se eles fossem descartavel, como se nao tivesse direito a vida. Tiro pelos maus tratos que sofrem todos os dias os animais abandonados, os que até mesmo tem familias mais sao mau tratados pelos seus donos. Nós aproveitamos deles para tudo para trabalhar, comer, fazer roupa , bolsa,testar medicamentos enfim, os esploramos ao maximo.O minimo que deveriamos fazer e tar um tratamento decente a esses bichos e principalmente ao cachorro que é sempre será nosso eterno companheiro.... Negar o direito ao tratamento isso sim deveria ser crime..

Anônimo disse...
4 de outubro de 2011 16:04

Adorei estar matéria tenho dois cachorro,acobo de descobri que um deles esta infectado com a doença Mas nâo vou dejistir de salvar minha Pit, acho que todos que gosta dos seus animais tem que lutar pelo direito por deles.Hoje sofro muito porque nao quero perde meu nenem....

Anônimo disse...
19 de outubro de 2011 13:40

MUITO INTERESSANTE A MATÉRIA, ESTOU VIVENDO ESTE DRAMA,JÁ É O SEGUNDO ANIMAL QUE POSSO PERDER POR CAUSA DA LVC, ESPERO AGORA O RESULTADO DO TESTE, MAS PELOS SINTOMAS PROVAVELMENTE IRÁ SE POSITIVO PARA A DOENÇA, DESTA VEZ FAREI DIFERENTE GRAÇAS ÀS INFORMAÇÕES AQUI ADQUIRIDAS,

zoo disse...
22 de outubro de 2011 14:28 Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...
29 de novembro de 2011 16:32

tamben estou sofrendo tenho uma pastora limda fis o esame e deu positivo nao estou com coragem de leva la a autanasia nao sei o que fazer ela esta bel so tem uns machucado que nao saran eu amo ela e um pesadelo em penssar de chegar em casa e nao mais encontra bela fais a festaquando escuta o barulho da moto ela sabe que so eu queromuinto ficar com ela meu marido e miha filha fican falando que se acontecer alguma coisa a culpa vai ser minha maqldito mosquito te amo keity ce

dolores disse...
26 de dezembro de 2011 18:08

Adorei,esta reportagem, estava procurando sobre a doença, pois,estou tivemos um cão que conviveu com o meu durante quatro meses. Estavamos tratando ela não era minha, apenas estava cuidando dela por um tempo. Quando ela foi embora levaram em um veterinário e foi sacrificada dizendo que estava com leischmaniose. Estou super preocupada que meu cachorro tenha pego tb, e não tenho coragem de levar para fazer exame. Foi bom saber e esclarecer . Obrigada

Lino disse...
2 de janeiro de 2012 22:44

meu cachorro esta positivo o que devo fazer Lino Campo Grande MS arquitetolino@gmail.com

juliete coresma disse...
6 de janeiro de 2012 22:46

minha cadela tbm está com esta doença nao sei o que eu faço ja dei muitos remedios e agora so so ta chorando e fedendo alguém me ajuda nao tenho condições de pagar tratamentos moro em goioere parana e nem pra sacrificar tenho dinheiro alguém me ajuda

Anônimo disse...
29 de janeiro de 2012 17:23

ola minha cachorrinha esta com a doença ela ja tomou a primeira vacina a 6 dias mas ela esta com as pontas das orelhas e o fucinho despelado e mina um pouco de agua o que devo fazer pois nao querinha sacrifica-la gosto muito dela.SP Terezinhamomesso@hotmail.com

Anônimo disse...
9 de fevereiro de 2012 14:08

À todos os proprietários que além de amar, querem o bem do seu cão mas infelizmente eles foram diagnosticados com Leish.
Não existe pior notícia para nós do que ouvir que “...o fulano está com Leish e precisa ser autanasiado...”
Não bastasse a má noticia, ainda é quase impossível achar um veterinário que diga não à autanásia e queira tratar nosso cão.
SOMENTE COM MUITA DEDICAÇÃO, COMPROMISSO E AMOR É POSSIVEL SALVAR QUEM AMAMOS.
Se você tem um Vet no qual confia e sabe que ele preza muito mais a vida do seu cão do que o seu próprio bolso, siga TODAS AS SUAS ORIENTAÇÕES, SEMPRE.
Mas se você não conhece um veterinário com tais características e que tratar seu cão, vá em frente e tente tratá-lo.
Lembre-se:
Estamos apenas RETRIBUINDO TODO O AMOR E DEDICAÇÃO QUE RECEBEMOS DIARIAMENTE do nosso companheiro fiel, o cachorro.
O tratamento a seguir está sendo realizado há 2 anos.
Dedicação é fundamental.
Cão de 2 anos de idade, raça grande, pesa mais de 30 kilos.
Sintomas no início do tratamento:
• Perda de apetite;
• Perda de pêlos;
• Perda de peso;
• Anemia;
• Fraqueza;
• Indisposição;
• Tristeza;
• Apatia;
• Prostração;
• Unhas demasiadamente crescidas;
#PROMUN DOG TABS( 4 tabletes a cada 24 horas por 90 dias)
#DOXITRAT 200mg(1 comprimido e meio a cada 24 horas por 28 dias)
#PÓ DE BABAÇÚ(30 gr- 4 colheres de sopa a cada 24 horas)USO CONTÍNUO
# SEBOTRAT S (banhar 2 vezes por semana por 3 semanas, após, 1 vez por semana. Deixar agir por 30 minutos, enxaguar e secar bem)
#COLEIRA ESCALIBOR( trocar conforme a bula indica) USO CONTINUO
#CITRO ECOVET SPRAY(diariamente nos horários do mosquito idiota) USO CONTÍNUO
#ZYLORIC 300mg( ALOPURINOL 300mg- 1 comprimido a cada 12 horas)USO CONTINUO
#HEMOLITAN GOTAS(30 gotas, 2 vezes ao dia por 60 dias)
#KERAVIT POMADA(aplicar fina camada 2 vezes ao dia por 20 dias)
O pó de babaçu e o alopurinol 300mg são de medicações de uso continuo.
TODA A MEDICAÇÃO DEVE SER ADMINISTRATA JUNTO ÀS REFEIÇÕES, minimizando os males ao fígado, pâncreas, etc.
O pó de babaçu faço como um “shake”, coloco as colheradas num copo que possua tampa, com um pouco de leite, agito bem e ponho por cima da ração no “café matinal”
O alopurinol, coloco um comprimido no meio da ração no “café matinal” e o segundo na ração do “jantar”.
O hemolitan, uso a cada 3 meses para prevenção e tratamento da anemia, pingar as gotas sobre a ração.
A coleira deve ser usada sempre, respeitando as trocas, só use ESCALIBOR, é a única contra o maldito mosquito.
Falando no maldito, USE SEMPRE O REPELENTE, isso evita que a doença seja retransmitida aos outros animais e ao homem.
Se percebo que o pelo não está bom, ou em queda, uso também outro medicamento para este fim, como o DERMOPET( 3 ml –medir com uma seringa-nos 3 primeiros dias e a partir do 4ºdia, 5ml a cada 24 horas por 60 dias)
Hoje meu cão tem 4 anos e meio, vive bem e FELIZ.
Já teve recaídas, mas o mediquei conforme sintomas e sempre deu tudo certo.
Sempre oro pedindo a Deus que meu cachorro seja saudável mesmo com a doença. E Ele ouve minhas preces.
Tenha fé.
Boa sorte.
Amor é cuidado, dedicação.
amigocao@live.com

Anônimo disse...
9 de fevereiro de 2012 14:11

Tem mais: NUNCA, NUNCA CONTE NADA A VIZINHOS, NEM PARENTES, NEM AMIGOS QUE SEU AMIGO CÃO FOI CONTAMINADO, ELES PODEM NÃO ENTENDER...

Anônimo disse...
9 de fevereiro de 2012 16:10

obrigado pelas dicas estava em duvida sobre a forma de agir seus comentarios me ajudaram muito mais uma vez obrigado.

Anônimo disse...
27 de fevereiro de 2012 10:32

nossa eu nao sabia que a doença tem cura,em abril de 2011 eu fuiem uma instituiçao de adoçao de caes,e adotei um vira lata filhote,e dei de presente de aniversario de 1 aninho para a minha filha,eu e ela eramos apaixonadas pelo marley,em janeiro deste ano descobri que o marley estava com leishimaniose,e todo mundo disse pra mim que eu tinha que sacrificar pq a leticia poderia pegar tbm,pelo motivo dela ficar com ele no colo,abraçando...
liguei para uma clinica veterinaria e ela me disse que nao tinha cura,que a soluçao seria sacrifica-lo,eles buscaram o marley no dia 25 de janeiro,eu chorava feito uma criança,eas vezes quando me lembro dele eu aindo choro,nos dias que eles levaram ele,eu acho que eu sentia tanta falta dele que eu escutava ele latindo e brincando com a minha filha,ela chama ele ate hj,me pergunta cade o marley..enfim,tbm sente a sua falta..em abril estou pensando em dar ela outro caozinho,mas as pessoas estao me dizendo que eu tenho que ficar no minimo 1 ano sem cachorro,eu gostaria de saber se isso e verdade,pq eles falam que o outro cao pega,eque so depois de 1 ano que eu posso ter outro cachorro..
adorei as suas informaçoes,obrigado..

Anônimo disse...
6 de março de 2012 11:14

Nada a ver! Leish só pega se o mosquito picar.
carinho não pega Leish! Mantenha o pátio livre de depósitos com água ou folhas de àrvore que podem ser usados para a proliferação do tal mosquito. use repelente no animal diariamente e pronto. Poderá ter um cão. E á propósito, Leish não tem cura mesmo. SÓ TRATAMENTO. Tome os cuidados necessários e todos poderão viver bem. sinto muito pelo Marley.

Ely Gomes disse...
27 de março de 2012 10:47

Nossa tem razao é mesmo um absurdo matar...

Ely Gomes disse...
27 de março de 2012 10:48

Nossa tem razao é mesmo um absurdo matar...

Anônimo disse...
25 de abril de 2012 10:03

descobri ontem que minha cachorro pode estar com a doenca acho que nao me caiu a ficah ainda mais passo por cima de tudo para que ela possa viver o maximo que eu puder e que ninguem vai tirar a sua vida senao deus vou até o fim com otratamento dela e nunca vou desistir peço a deus que de negativo o exame pois eles são minha vida tenho mais outro cão que são minha alegria e conforto na minha vida. estou escrevendo com lagrimas banhando meus olhos não por pena dela mas por revolta do país em que vivemos.

Anônimo disse...
17 de maio de 2012 23:18

Acho q a nossa cachorra q mora q na mha rua,e q todos os vizinhos dão comida,está c leishmaniose,eu não sei o q fazer,todos gostamos dela,só q não temos condições de pagar um veterinário,só Deus p/ nos dar uma solução....seu blog é mto interessante..parabéns...Os cães são mha vida....espero q ela melhore...Fernanda de Abaeté/MG

Lidiane Trevelin disse...
6 de junho de 2012 09:31

Achei sua matéria muito interessante e acalmou meu coração...pois a minha cachorra está com suspeita devido suas proteínas estarem alta no hemograma, agora foi feita a sorologia e estamos aguardando resultado para confirmação, mas desde q soube da suspeita fiquei muito mal, a veterinária dela disse pra eu ficar tranquila que ela vai entrar com medicação e ela viverá normal, temos apenas que usar a coleira scalibor e espirrar citronela 2x ao dia de manhã e depois as 18 hrs, pois é a hora que a femea sai pra se alimentar, só que muita gente vem me falar que isso é errado e que outros veterinários reprovam tratamento e fiquei sem saber o que fazer...por isso, muito obrigada pela sua matéria!!!!!

DeniseBiologia&Saúde disse...
18 de julho de 2012 20:05

Amei a matéria do seu blog ela é realmente uma grande prova de amor. Temos que lutar por nossos amiguinhos queridos e eternos companheiros. Eles merecem viver assim como todos nós. Amo meus animais e faço de tudo por eles. Minha cadela está com suspeita da doença e estou muito aflita. Vou levá-la para fazer o exame e estou muito preocupada, mas independente do resultado vou tratá-la para q ela não morra. Muito obrigada estava precisando dessa esperança!

Maria Goretti disse...
25 de outubro de 2012 11:39

Tenho dois cachoros em minha residência: um pincher e um vira lata. Em setembro o pessoal da Zoonose da Prefeitura passou em minha rua fazendo exames para detectar leishmaniose e deixei que fizesse em meus cachorros. Dias depois, eu levei meus cachorros a uma clínica particular e tambem fiz o exame particular que deu negativo. Depois os funcionários da prefeitura voltaram em minha residencia dizendo que teriam que repetir o exame do pincher, pois havia dado como nao reagente. Então repetimos, e qual foi minha surpresa pois retornaram me dizendo que meu cachorro estavaontaminado, mas ele não tem nenhum sintoma que leve a ter esta suspeita, o que aconteceu é que no período em que eles estiveram em minha casa ele estava com glaucoma, agora fiz outro exame para contestar o resultado deles. Mas já estou sofrendo pois não sei o que fazer. E penso porque o meu animal que não tem nada com isso tem que pagar com a sua vida já que ele não é o culpadado de estar com essa doença e porque não e sim os homens que estão acabando com o habitat destes, e já que é assim temos tambem que matar todos os animais silvestres pois os mesmos também podem estar contaminados, e também deveremos matar alguns humanos que são aideticos e que contaminam pessoas propositalmente, porque para esses casos estão procurando uma cura e para os pobres animais indefesos tem que pagarem com a vida, porque não nos é dado o direito de lutarmos pela vida deles, porque o que eles me alegaram é que se eu recusar em entregar o animal me é aplicado uma multa de cinco mil.
Gostaria de ter uma ajuda de vocês em poder lutar pela vida de meu câo. O meu email é goretti.contex@hotmail.com

Anônimo disse...
14 de novembro de 2012 11:55

Parabéns pela matéria

Anônimo disse...
21 de novembro de 2012 13:12

Prezada Goretti, ainda não lí NADA a respeito de multas, principalmente de R$5.000,00! Não entregue seu cãozinho, diga qualquer coisa para eles(zoonose)irem embora e não voltarem mais, tipo: diga que ele morreu ou mudou de cidade e ponto. e quanto à multa, "deixa arder"! não assine nenhum documento que a comprometa! e nunca mais deixe que a zoonose da prefeitura invada sua vida para fazer "exames", pois quando vc julgar necessário faça como já fez, e leve-o ao veterinário de sua confiança.

Gilson disse...
9 de abril de 2013 14:17

Muito bom da sua parte, postar em seu blog mas na verdade o que o governo quer é saber de bater de frente com a população, eles acham que animais é somente animal, mas pouco sabem sobre um amor sobre os nossos cachorros que que temos eles não tem coração isso sim...

Anônimo disse...
31 de julho de 2013 15:47

Olá, moro em bh. a um mês atrás a prefeitura fez o teste de leish na minha cadelinha, deu positivo, hoje vieram para leva-la, falei que faria eutanásia e eles querem comprovante. Só que eu quero trata-la. O que devo fazer? tenho que entrega-la para os agentes. será que pago multa. Por favor me ajudem.

Anônimo disse...
6 de agosto de 2013 12:00

Quero saber se o teste der positivo , a longo prazo nao se torna perigoso para as pessoas da casa ter um cão portador da doença mesmo que seja tratado, pois se um mosquito sadio pica este cao em tratamento e depois pica alguem da casa , esta pessoa nao irá ficar doente?

Postar um comentário